quarta-feira, 18 de outubro de 2017


Tô pelo mundo!
Textura
Instagram
Facebook
Notícias

Saúde: Robinson assina ordem de serviço no Hospital da PM | 12/08/2016

unnamed (10)

O governador Robinson Faria assinou na manhã desta sexta-feira (12), a ordem de serviço para a instalação do sistema de climatização do Hospital Coronel Pedro Germano (conhecido como Hospital da Polícia), em Natal. A partir de agora, será possível retomar as obras da unidade hospitalar, que estão com 87% dos serviços executados. Após a assinatura, o governador visitou o prédio e a sala onde já está instalado um novo equipamento de Tomografia.

Robinson Faria destacou que quando estiver pronta, a unidade suprirá a demanda de novos leitos de UTI no Estado. “O número de leitos aqui subirá de 65 para 130. Assim, passará a ter 10 leitos de UTI adulto e 10 de UTI Neonatal. Nesse hospital, também faremos um centro de diagnóstico para a realização de exames. Com o empenho de nossa equipe, queremos entregar este centro pronto até o final do ano, oferecendo melhores serviços de saúde para a população”, ressaltou o governador.

Estão em funcionamento os setores de clínicas médicas, farmácia, núcleo de residência em saúde e administrativo. Os aparelhos de ultrassonografia e de endoscopia também já estão sendo utilizados. Em andamento, estão o centro cirúrgico, UTI Adulto e Neonatal, maternidade, Setor de Imagem e laboratório de Análises Clínicas. Com a ampliação, a área do hospital passará de 2.075m² para 6.302m².

A secretária de Saúde, Eulália Albuquerque, informou que em breve serão iniciados mutirões de cirurgias eletivas de hérnia e vesícula com a estrutura já existente no local.

Participaram da assinatura os secretários de Infraestrutura, Jader Torres; e de Segurança, Ronaldo Lundgren. Também estiveram presentes o Comandante Geral da Polícia Militar, Dancleiton Pereira Leite e o Diretor de Saúde da PM, Coronel Roberto Galvão.

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Visita médica especial  | 12/08/2016

Hoje foi um dia especial para visitar a médica ginecologista Sinara Figueiredo em Natal , uma clínica bem instalada no bairro de Tirol e com estacionamento amplo para os clientes. Obrigada pela atenção querida.

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Buquê de flores | 12/08/2016

Buquê de flores com cheirinho de felicidades para o amigo querido Alcimar de Almeida e o coro de vivas começa em Água Nova e vai a todas as cidades onde ele tem muitos amigos.

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


SINDUSCON e FIERN firmam mais uma parceria de sucesso | 12/08/2016

unnamed (9)

O Sindicato da Indústria da Construção Civil de Mossoró (SINDUSCON) e o Sistema FIERN implantarão em breve o Banco Social de Materiais de Construção no Rio Grande do Norte. O projeto, que é pioneiro no RN e será implantado em Mossoró, tem como ideia principal o reaproveitamento de materiais, que serão posteriormente destinados as instituições mais carentes.O Presidente do SINDUSCON, Engº Sérgio Freire, e os Diretores do Sistema FIERN viajarão no mês de novembro para a cidade de Porto Alegre, onde conhecerão o projeto piloto. Mais uma excelente iniciativa do Sindicato, que promete beneficiar a sociedade mossoroense.

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Presidente da Frente Parlamentar da Água na AL cobra conclusão da Adutora do Alto Oeste | 12/08/2016

Galeno Torquato diz que a adutora contempla aproximadamente nove municípios, e que deveria ter sido inaugurada em maio
e21b79e4bc0dabde619081149acbee3binter_250-300

Galeno Torquato fez um apelo Caern para que volte a abastecer o município de Antônio Martins
Por: Redação
O deputado estadual Galeno Torquato (PSD) falou durante pronunciamento, na Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (11), sobre sua preocupação com os efeitos da seca no Alto Oeste. O parlamentar disse que as obras da adutora da região não estão concluídas e pediu celeridade.

“A Adutora do Alto Oeste, que contempla aproximadamente nove municípios, deveria ter sido inaugurada no mês de maio. As cidades de Antônio Martins e João Dias estão sofrendo com a seca que assola a região”, falou o deputado.

Galeno Torquato fez um apelo à Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) para que volte a abastecer o município de Antônio Martins e pediu ainda à Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos celeridade para as obras da Adutora do Alto Oeste. “Gostaria também que a secretaria pedisse a liberação de recursos para a continuação da perfuração de poços na região”, acrescentou.

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Polícia do Exército é empregada na Operação Potiguar | 12/08/2016

unnamed (8)

No contexto da Operação Potiguar, a tropa da Polícia do Exército foi empregada, no dia 10 de agosto, em reforço a um Pelotão  do 14º Batalhão de Infantaria Motorizado, que operava um Posto de Bloqueio e Controle de Vias Urbanas (PBCVU), na Avenida Ayrton Senna, na Zona Sul de Natal.

Aproximadamente 30 (trinta) homens especializados em operações tipo polícia reforçaram, com cães de guerra e motocicletas, a fiscalização de veículos e motos que transitavam na mencionada via urbana da capital do Rio Grande do Norte. A ação teve como principal objetivo buscar indícios, relacionados às ações criminosas deflagradas no estado do Rio Grande do Norte, ocorridas nas últimas semanas.

O emprego da Polícia do Exército na Operação Potiguar conta com efetivos e meios do 4º Batalhão de Polícia do Exército, de Recife/PE, e do 7º Pelotão de Polícia do Exército, de Natal/RN. Trata-se de uma tropa especializada que tem cooperado com o restabelecimento da ordem pública e do cotidiano de normalidade da população potiguar.

 

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Mãe busca ajuda para evitar cegueira de bebê adotada com microcefalia | 12/08/2016

Maria Victoria nasceu ano passado, com seis meses de gestação.
Bebê teve uma paralisia cerebral logo após o parto.

Nathallya MacedoDo G1 RN

Maria da Guia e a filhinha Maria Victoria (Foto: Maria da Guia/Arquivo Pessoal)

A potiguar Maria da Guia dos Santos, de 42 anos, é consultora de vendas e mora em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Há seis meses, ela adotou uma bebê com microcefalia que havia sido abandonada em uma maternidade da cidade. Agora, ela busca ajuda para conseguir arcar com os custos de uma cirurgia e evitar a cegueira da filha, que tem apenas 10% da visão.

A pequena Maria Victoria nasceu no dia 13 de outubro do ano passado, com seis meses de gestação. A bebê, que já havia sido diagnosticada com microcefalia, teve uma paralisia cerebral logo após o parto. Para sobreviver, ela precisou passar um período em coma induzido.

“Fui à maternidade quando fiquei sabendo do caso. Cheguei e vi a bebê prematura chorando, indefesa. Meu coração bateu mais forte e decidi naquele momento que iria adotá-la. Depois disso, eu passei 33 dias na maternidade com ela, para que pudesse se recuperar e se adaptar”, contou Maria da Guia. Foi assim que a história das duas Marias começou.

Desde então, Maria da Guia leva a filha para consultas e sessões de fisioterapia em Natal e Fortaleza. “Victoria vai fazer 10 meses neste sábado e ainda não consegue engatinhar, por isso precisa muito do tratamento”.

11Maria Victoria foi diagnosticada com glaucoma no olho direito e herpes congênita no esquerdo (Foto: Maria da Guia/Arquivo Pessoal)

Em abril, Maria da Guia descobriu que a filha estava perdendo a visão. A bebê foi diagnosticada com glaucoma no olho direito e herpes congênita no esquerdo. “Hoje, ela só tem 10% da visão. Os médicos me falaram que ela precisa de uma cirurgia e de tratamento para voltar a enxergar, pelo menos com um dos olhos”, explicou.

A questão, para a mãe, é conseguir dinheiro para custear a cirurgia de Victoria, que só pode ser feita em São Paulo. “Fiz as contas e o custo vai ser de quase R$ 35 mil. Eu faço um apelo porque minha filha é uma guerreira. Victoria passou por muitas dificuldades, mas conseguiu sobreviver. Nunca tive coragem de deixá-la. Ela é linda, cheia de energia e merece viver muito”.

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


RN formaliza 6,3 mil novos negócios no primeiro semestre | 12/08/2016

6.325 negócios de Microempreendedor Individual (MEI) foram formalizados.
A quantidade é 5,6% menor que no mesmo intervalo de 2015.

Do G1 RN

microRN teve criação de 6.325 novos negócios
(Foto: Reprodução/ TV TEM)

O Rio Grande do Norte encerrou o primeiro semestre do ano com a criação de 6.325 novos negócios, enquadrados como Microempreendedor Individual (MEI). Com isso, o estado já possui 83.785 negócios nessa categoria jurídica, que envolve empresas e profissionais que trabalham por conta própria e faturam até R$ 60 mil por ano. Apesar do avanço, a quantidade de formalizações no acumulado de janeiro a junho é 5,6% menor do que foi registrado no mesmo período do ano passado, quando foram criadas 6.682 empresas no estado.

“O número de criação de novas empresas se manteve na média e reflete um pouco da situação econômica que atravessamos. Empreendedorismo por necessidade. Não vejo outra explicação para esse quantitativo diante de uma retração econômica. Quanto maior o índice de desemprego, a tendência é as pessoas partirem para a livre iniciativa”, explica o diretor de Operações do Sebrae no Rio Grande do Norte, Eduardo Viana. Na avaliação do executivo, a leve redução de formalizações no semestre tem a ver com o perfil dos empreendedores. Muitos que estavam na informalidade já se registraram e agora a tendência é que esse contingente invista na evolução do negócio.

Os dados sobre a criação de novas empresas nos últimos 13 meses estão na décima quarta edição do Observatório dos Pequenos Negócios, uma síntese conjuntural da economia potiguar elaborada mensalmente pelo Sebrae no Rio Grande do Norte.

O estudo também analisa o comportamento da balança comercial do estado nos primeiros seis meses. O valor das exportações potiguares alcançou US$ 113,8 milhões, um decréscimo de 22,1% sobre igual período de 2015. As importações tiveram queda bem menor, de aproximadamente 3,5%, com o valor de US$ 90,2 milhões. Com isso, a balança comercial fecha o semestre com um superávit de US$ 23,6 milhões.

Mais exportados
Os produtos mais exportados foram o sal marinho (US$ 15,1 milhões), as castanhas de caju (US$ 13,8 milhões), melões (US$ 13,6 milhões) e mamões (US$ 6,2 milhões). Já as importações foram lideradas pelo trigo e as misturas de trigo, que comercializou US$ 27,8 milhões. Também apareceram nas importações do semestre os fornos não elétricos para ustulação (expelir uma substância de outra) de minérios e metais, que totalizaram US$ 6,5 milhões. O estado também importou polietileno (US$ 2,9 milhões), ferro e aço fundido (US$ 2,8 milhões) e PVC (US$ 2,4 milhões).

Em relação ao saldo de empregos eletivos no semestre, o Observatório dos Pequenos Negócios revela que o Rio Grande do Norte perdeu 15.824 vagas de trabalho, a pior situação iguais períodos, dos últimos cinco anos. Nesses anos, considerando-se as vagas criadas (2012 e 2014), menos as extintas (2013, 2015 e 2016), é constatada a perda de 20.755 empregos formais. A extinção de vagas, em 2016, foi maior do que a de 2015 em 80,7%. Todas as atividades econômicas registraram saldos negativos, concentrados em: comércio, construção civil, indústria de transformação, agropecuária e serviços, com quedas de 4.326, 3.365, 3.075, 2.446, e 2.409, respectivamente.

Nesse período, o Rio Grande do Norte arrecadou R$ 2.319,5 milhões, referentes ao ICMS. Isso representa um aumento nominal de 5,5% em relação a igual período de 2015, o menor crescimento da série analisada. Entre o início e o final da série o crescimento nominal foi de 35,1%, enquanto o índice de inflação, nesse período, foi de 36,1% (calculado pelo INPC).

Fonte: G1

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Exclusivo: presidente do TCU barra pedido de informação sobre seus próprios atos | 12/08/2016

Questionamento sonda eventual ação do ministro Aroldo Cedraz em favor do escritório Cedraz Advogados, de seu filho Tiago, que é alvo de inquérito da Lava Jato. Recurso faz com que pedido, que deveria ter sido respondido em até cinco dias, transite pelas gavetas do tribunal há quase um ano

Aroldo-588x320O presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Aroldo Cedraz, negou atendimento a pedido de informação sobre atos por ele mesmo praticados no exercício do cargo de ministro do órgão. Por meio da Lei de Acesso à Informação, um jornalista solicitou, em agosto do ano passado, a relação de processos em que houve pedido de vista de autoria do ministro a partir de 2007. O questionamento visava apurar alguma possível ação em favor do escritório Cedraz Advogados, de Tiago Cedraz, filho do presidente do tribunal. Após apresentação de recurso, que deveria ter sido respondido em até cinco dias, o pedido transita pelas gavetas do TCU há quase um ano. Passou pelas mãos de cinco ministros – que se declararam impedidos de relator o caso – e está empacado no gabinete do ministro Bruno Dantas há oito meses.Inquérito da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) apura a participação do advogado Tiago Cedraz em um suposto esquema de corrupção na construção da Usina de Angra 3. O inquérito é baseado na delação premiada do dono da empreiteira UTC, Ricardo Pessoa. O empresário disse que Tiago pediu R$ 1 milhão para garantir que a licitação e o contrato de construção da usina seguissem sem maiores problemas.

A reportagem do Congresso em Foco teve acesso a documentos internos do TCU, como os despachos e o histórico do processo administrativo 25.278/2015, que trata do pedido de informação (veja os registros abaixo).

A demanda chegou ao tribunal em 17 de agosto de 2015. No dia seguinte, a Ouvidoria do tribunal, que recebe esse tipo de pedido, solicitou ao presidente informações para preparar a resposta ao jornalista. Passados 23 dias, em 10 de setembro, Cedraz assinou despachoargumentando que o pedido “não diz respeito a informação acabada em poder do tribunal”. Fez ainda menção a portaria interna estabelecendo que “não serão atendidas solicitações que exijam trabalhos adicionais de análise, interpretação ou consolidação de dados”. Determinou que a Ouvidoria indicasse ao interessado o local onde se encontram as informações solicitadas – no caso, as atas produzidas pela Secretaria das Sessões (Seses), disponíveis no portal do TCU.

A Ouvidoria já havia preparado uma lista com 182 processos do tribunal nos quais o escritório de Tiago Cedraz atuou. Mas a Presidência do TCU considerou que a lista estava incompleta e imprecisa e não autorizou a sua divulgação.

A Ouvidoria informou ao jornalista, no dia seguinte, que o seu pedido havia sido “indeferido”, mas que ele poderia entrar com recurso contra “a decisão denegatória”, que seria dirigido à Presidência do tribunal. Em cinco dias, o interessado apresentou o recurso, que foi encaminhado à Secretaria das Sessões para sorteio do relator. Em 21 de setembro, o sorteio foi realizado e registrado no processo às 16h32. O ministro Augusto Nardes fora nomeado para a função. Apenas 27 minutos depois, o sorteio foi retirado do processo. Mais 37 minutos e o procedimento chegou ao gabinete do presidente do tribunal, Aroldo Cedraz. Após receber seguidos recados de que Cedraz queria o seu pedido de exoneração do cargo, o ouvidor do TCU, Eduardo Murici, em 24 de setembro pediu dispensa da função comissionada que exercia. Foi acomodado na Secretaria de Controle Externo de Aquisições Logísticas.

Críticas à Ouvidoria

Em novo despacho, assinado em 5 de outubro do ano passado, Cedraz justificou a decisão da Seses de anular o sorteio por se tratar de um suposto recurso contra decisão do presidente do tribunal – no caso, ele mesmo. No exame do mérito da matéria, contestou a interpretação da Ouvidoria que atribuiu à sua decisão “caráter denegatório do pedido”. Reafirmou que apenas determinou a indicação do local onde o interessado poderia extrair os dados do seu interesse, destacando que essa providência está prevista no artigo 11, parágrafo 6º, da Lei de Acesso à Informação.

Mas esse parágrafo faz uma ressalva: “Salvo se o requerente declarar não dispor de meios para realizar por si mesmo tais procedimentos”.

O presidente do TCU criticou duramente a decisão da Ouvidoria de comunicar ao jornalista o “suposto indeferimento do pleito”, além de indicar a “via recursal”. Entendeu que o ouvidor fez “leitura incorreta da solução normativamente prevista” e mostrou-se “desatento aos limites das competências que lhe foram atribuídas”. Cedraz recomendou que fosse dado “imediato conhecimento dos fatos” à Corregedoria da Casa, para “as providências cabíveis”, com base no artigo 29 da Resolução do TCU 249/2012, que dispõe sobre a aplicação da Lei de Acesso à Informação no tribunal. Esse artigo prevê as condutas ilícitas que resultam na responsabilização do agente público. As infrações administrativas podem resultar em penas que vão da suspensão até o enquadramento em atos de improbidade administrativa que atentam contra os princípios da administração pública.

 

Em conflito direto com o presidente do tribunal, sem apoio e temendo retaliações, Eduardo Murici pediu aposentadoria em 16 de outubro. Procurada pela reportagem, a Presidência do TCU afirmou que encaminhou à Corregedoria cópia do despacho do presidente “para ciência”. Acrescentou que não houve instauração de procedimento disciplinar contra servidores da Ouvidoria em razão de possível atuação indevida no processo de solicitação de informações.

“Conflito de interesse”

No despacho de 5 de outubro, Cedraz contestou afirmações feitas pelo jornalista ao apresentar o recurso. “A decisão da Presidência cumpre ao propósito de escamotear atividades de um dos ministros do TCU, o que destoa do discurso da instituição”, disse o jornalista, que também apontou a existência de “conflito de interesse” na negativa do seu pedido por parte do presidente do tribunal.

O ministro afirmou que “a abertura do tribunal aos interesses da sociedade não é mero discurso” e destacou “o caráter público e o acesso universal às informações” no âmbito da Corte. Sobre o “conflito de interesse”, Cedraz voltou a afirmar que não houve negativa e que atuou no caso “nos estritos limites previstos pela legislação”.

A tese de conflito de interesses é reforçada pela presidente da Confederação Nacional dos Auditores dos Tribunais de Contas do Brasil (ANTC), Lucieni Pereira. “Houve conflito de interesses”, afirma a presidente. Ela denuncia ainda que o sistema de informação do TCU não tem os métodos adequados para fazer o tipo de pesquisa solicitado.

“Os procedimentos não são claros nem transparentes. Não atendem às premissas do artigo 5º da Lei de Acesso”, acrescentou. O artigo citado diz que “é dever do Estado garantir o direito de acesso à informação, que será franqueada, mediante procedimentos objetivos e ágeis, de forma transparente, clara e em linguagem de fácil compreensão”.

Sorteio restituído

Mesmo tendo apoiado o “desentranhamento” do resultado do sorteio do processo, o presidente do TCU aproveitou o despacho de outubro para determinar à Secretaria das Sessões que reinserisse aos autos o resultado do sorteio, com remessa do processo ao gabinete do ministro sorteado, Augusto Nardes.

Em um período de 25 dias (de 26 de outubro a 20 de novembro), o processo passou pelos gabinetes dos ministros Nardes, Raimundo Carreiro, Walton Alencar, Vital do Rêgo e José Múcio. Por diversos motivos, todos se declararam impedidos de relatar o caso. Em 25 de novembro, o processo chegou ao gabinete de Bruno Dantas, onde permanece sem decisão até hoje.

Fonte : http://congressoemfoco.uol.com.br/

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Gastronomia, Artes & Lazer  | 11/08/2016

unnamed (7)

Feira Itinerante entra na sua 6ª edição na Praça Augusto Leite, Tirol.

 

Natal, 11 de Agosto de 2016 – Dando continuidade ao projeto de gastronomia potiguar, os grupos de operações e food trucks, se unirão para promover a 6ª edição do Projeto, realizado mensalmente na Praça Augusto Leite, no Tirol. A proposta é proporcionar às famílias várias opções gastronômicas com um Domingo Especial trazendo almoço na praça de alimentação em comemoração ao dia dos pais.

Na sexta e no sábado haverá uma ação beneficente em prol do Hospital Varela Santiago. O evento conta com uma ampla programação cultural e especial, oferecendo um espaço kids maior, apresentando um Cineminha para as Crianças, das 18h às 20h, oferecido pela NET.

A 6ª edição da “Gastronomia, Artes & Lazer” trará para o público a culinária gourmet, com preços acessíveis, além dos tradicionais pratos com camarão, creme de bacalhau gourmet e bolinhos e pastel de bacalhau, pizzas, sanduíches especiais, calzones, tapioca, entre outras delícias. O evento contará com os conhecidos “food trucks”, como San Gugas e o Fuscrepe, especializado em crepe francês. Teremos também comidas típicas.

A parte cultural também promete ser uma atração à parte. O público vai poder contar com diversas Oficinas de Artesanato, que apresentarão peças em temáticas como caricaturas, retratos em grafite e aerografia, peças torneadas e peças de argila no torno, peças sacras no estilo barroco, como santos e oratórios que brilham como ouro e a tenda com venda de camisas do Hospital Varela Santiago.

O evento também terá atrações musicais. Na quinta-feira (11), música ambiente das 19h às 22h, oferecida pela Net. Na sexta-feira (12) sobe ao palco Dodora Cardoso das 20h às 22h. Já no sábado (13) fica por conta de Cleiton Simplicio das 20h às 22h, e no domingo (14) a animação é do cantor Samura, das 20h até às 22h.

A estrutura da “Gastronomia, Artes & Lazer” contemplará tendas, quiosques, standes, mesas, cadeiras, banheiros químicos, ambiente com música ao vivo, voz e violão, ampla iluminação, praça de alimentação e espaço kids A entrada e estacionamento são gratuitos.

 

SERVIÇO

Evento: “Gastronomia, Artes & Lazer”

Local: Praça Augusto Leite, no Tirol

Data: 11, 12, 13 e 14 de Agosto (quinta, sexta, sábado e domingo)

Horário: 17h às 23h com exceção do domingo que terá início às 12h

Entrada e estacionamento gratuitos.

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Nesta sexta-feira economistas do RN atendem população no Shopping Via Direta | 11/08/2016

 

Ações fazem parte da Semana do Economista e oferecem orientações financeiras

Desde segunda-feira (8) os profissionais de Ciências Econômicas celebram a data 13 de Agosto (Dia do Economista) com a Semana do Economista, em Natal. Palestras, homenagens e ações estão na programação. O Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte – CORECON-RN, responsável pela organização, reservou a sexta-feira (12) para atender à população.

Amanhã no Shopping Via Direta, a partir das 9h às 13h, dez economistas ficam disponíveis para atender o público com distribuição de kits contendo dicas sobre “Educação Financeira” e de “Orientação para Consumo Consciente da População”, além de disponibilizar serviço de saúde, no local, com aferição de pressão.

As ações têm como objetivo mostrar à sociedade natalense a importância do papel do economista, orientar sobre o consumo consciente e economia doméstica. Em meio a crise deste ano, a Semana se mostra oportuna para entender o funcionamento do país e diminuir os riscos da população enquanto as finanças, como tema central está “A encruzilhada da Economia Brasileira: Crise e Perspectivas”.

A Semana do Economista tem realização do CORECON-RN, parceria UFRN, Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), ADURN-SINDICATO, Máximo – Corretora de Seguros, Sindicato dos Economistas do Rio Grande do Norte (SINDECON-RN), Cosern, Caern, Câmara Municipal de Natal e apoio COFECON.

Confira programação completa: www.corecon-rn.org.br

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


TRT-RN paga salários de trabalhadores da Garra Vigilância | 11/08/2016

unnamed (6)

 

A 7ª Vara do Trabalho de Natal concluiu nesta quarta-feira (10) o pagamento dos salários de 350 trabalhadores da Garra Vigilância, num total de R$ 1.093.829,00 bloqueados das contas do Governo do Estado.

Foram beneficiados os trabalhadores que prestam serviço nos postos da Secretaria de Saúde Pública do Estado, com os salários de maio e, para os que trabalham nos postos da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), foram pagos os salários de abril e maio.

A transferência dos valores para as contas dos trabalhadores foi feita, por meio de alvará coletivo, com o apoio da agência TRT-RN da Caixa Econômica Federal.

Apenas 43 vigilantes – que não dispunham de conta bancária – receberam seus salários diretamente no caixa do banco.

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Colação de Grau. | 11/08/2016

Chegando convite da colação de Grau das turmas concluintes do ano 2015 do UERN/CAMEAM segundo semestre a ser realizado no dia 16 de agosto de 2016, às 19h no ginásio de esporte Vereador Milton França.unnamed (5)

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Buquê de flores | 11/08/2016

Buquê de flores com cheirinho de felicidades para a Engenheira de produção Ana Cecília  , muito estimada por todos nós e em especial do padrinho José Vieira.

77749_1694150562557_4341512_o

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Página 113 de 129« Primeira...102030...111112113114115...120...Última »
Visitantes

12.455

Destaques
Procurando algo?
Parcerias