quinta-feira, 27 de abril de 2017


Tô pelo mundo!
Textura
Instagram
Facebook
Notícias

Mussulo Resort by Mantra (PB) já está com 90% de ocupação para o Dia dos Pais  | 26/07/2016

264e9ae5-f208-4827-8d4b-6530a0fcfcfd

No Litoral Sul da Paraíba, o Mussulo by Mantra registra 90% de ocupação para o fim de semana do Dia dos Pais. O resort, que conta com 102 bangalôs, vai oferecer atividades variadas que prometem divertir todos os hóspedes. A programação contará com concursos, gincanas entre pais e filhos, tarde com samba, caldinhos e drinks, além de brindes especiais para o pais.

“Conhecido por ser um empreendimento voltado para família, o Mussulo Resort é muito procurado para celebrar datas especiais, principalmente aquelas que contam com temáticas familiares, como é o caso do Dia dos Pais“, explica o gerente de Vendas e Marketing, Jairo Oliveira, que comemora a boa ocupação.

Em uma área de 96 mil metros quadrados, o Mussulo Resort by Mantra proporciona uma nova experiência em hospedagem perto das belezas naturais da região. Os bangalôs são envolvidos por uma estrutura completa de descanso e lazer, incluindo duas piscinas, spa, playground, sala de jogos, quadras esportivas, parquinho infantil e muito mais!

www.mussulobymantra.com.br

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Advogado da banca Eider Furtado Advocacia participa de Simpósio Médico | 25/07/2016

O advogado André Felipe Furtado participou, no último sábado (23.07.2016), como palestrante do I Simpósio de Coagulação e Transfusão, promovido pela Sociedade dos Anestesiologistas do Rio Grande do Norte.

O tema central da palestra era sobre a questão sempre controversa da transfusão de sangue em pacientes cuja concepção religiosa diverge do procedimento médico, tais como as Testemunhas de Jeová. Na oportunidade, houve a abordagem da legislação relacionada a situação, com enfoque no conflito entre o direito fundamental à vida e à liberdade de crença.

Por fim, foram expostos alguns casos concretos, e a forma como o Judiciário brasileiro tem decidido essas questões. A ausência de uma pacificação na matéria pelos tribunais tem deixado sempre os médicos receosos quanto a forma de agir nessas situações.

Sobre a experiência, assim descreveu Dr. André Felipe: “Acredito que foi uma experiência muito proveitosa para todos, é sempre uma iniciativa a ser louvada a de realizar esse intercâmbio entre as variadas áreas do conhecimento humano, com a finalidade de se atingir uma maior coesão de procedimento na comunidade médica na questão das transfusões de sangue, para que esta consiga atingir o objetivo de salvar vidas, sem que os profissinais atuantes na área sofram qualquer risco de incorrer em alguma ilegalidade no exercício das suas atividades.”

Fonte :http://www.eiderfurtado.com.br/

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Transmissão de Zika por pernilongo comum pode implicar ‘mudança radical’ em medidas de controle, diz pesquisadora | 25/07/2016

  • Mosquito CulexImage copyrightTHINKSTOCKImage captionPernilongo tem hábitos diferentes do Aedes aegypti

A bióloga Constância Ayres, da Fiocruz Pernambuco, fez uma descoberta inédita que tem o potencial de proporcionar um salto no conhecimento dos cientistas sobre o vírus Zika, e mudar radicalmente a estratégia brasileira de prevenção dele.

Ayres conseguiu encontrar, pela primeira vez, pernilongos carregando o vírus na natureza.

Na quinta-feira, a Fiocruz anunciou oficialmente que o mosquito Culex quinquefasciatus, conhecido como muriçoca ou pernilongo doméstico, também pode transmitir o vírus que causa microcefalia e malformações em bebês.
Até então, cientistas acreditavam que o mosquito Aedes aegypti era o principal vetor do vírus no Brasil. Agora, de acordo com Ayres, os cientistas precisam determinar qual das duas espécies é a mais importante na epidemia de Zika no Brasil.

Durante o anúncio, a Fiocruz afirmou que, até que se compreenda a importância do pernilongo na epidemia, a política de controle da Zika continuará focada noAedes aegypti.

Mas dependendo dos resultados, seria necessária uma “mudança radical” na atual estratégia atual de controle da epidemia, afirma a pesquisadora.

“Não existem estratégias de controle do Culex no Brasil. Isso vai ter de mudar radicalmente”, diz.

Em entrevista à BBC Brasil, Ayres esclareceu a dúvidas sobre o andamento da pesquisa e as implicações de sua descoberta.

1. Como determinou-se que o pernilongo pode transmitir o vírus Zika?

A pesquisa analisou 500 pernilongos capturados na Região Metropolitana do Recife. Eles foram obtidos em locais onde havia casos notificados de Zika, segundo Ayres, para aumentar a possibilidade de se encontrar o vírus no ambiente.

Os pernilongos foram divididos em 80 grupos, e o vírus foi encontrado em três deles. Em dois destes grupos, de acordo com a Fiocruz, os mosquitos não estavam alimentados. Isso demonstra “que o vírus estava disseminado no organismo do inseto e não (foi contraído) em uma alimentação recente num hospedeiro infectado”.

 

No laboratório, a equipe de Ayres alimentou os mosquitos com uma mistura de sangue e vírus, para entender como o Zika se replica dentro dos insetos.

Em seguida, os pesquisadores investigaram o intestino e a glândula salivar dos mosquitos. Se o pernilongo não fosse vetor, seu intestino bloquearia o desenvolvimento do vírus dentro do organismo.

Mas, se o vírus conseguisse se replicar, ele chegaria até a glândula salivar doCulex e poderia ser transmitido para humanos durante a picada.

Dessa forma, a equipe de Ayres confirmou que o Culex pode carregar o vírus em seu organismo. Amostras da saliva dos pernilongos infectados foram analisadas, e continham quantidades de vírus semelhantes às encontradas na saliva do Aedes aegypti.

Segundo Ayres, outra descoberta da Fiocruz Pernambuco dá força à hipótese: um grupo de pesquisa percebeu que a distribuição geográfica da filariose (elefantíase) e do Zika vírus em Recife é muito semelhante.

Em Recife, o Culex quinquefasciatus é o único mosquito que transmite o parasita que causa a elefantíase. “Somos a única área do Brasil endêmica para essa doença”, explica a bióloga.

“Cerca de 85% das mães que tiveram bebês com microcefalia por causa do Zika estão em áreas muito precárias, sem saneamento básico, onde ocorre mais a filariose. Isso pode explicar a participação do Culex na transmissão da Zika e dar suporte à nossa hipótese.”

“O Aedes aegypti, por outro lado, está mais distribuído na cidade. Vemos que a dengue é uma doença bem democrática, não está só em áreas precárias”, afirma.

2. O pernilongo também pode ser vetor de tranmissão de dengue e chikungunya?

De acordo com a Fiocruz, a pesquisa deu prioridade ao vírus Zika por causa da epidemia da doença no Brasil e sua ligação com a microcefalia.

Apesar da epidemia de chikungunya, que também atinge principalmente Estados do Nordeste, ainda não se sabe se esta doença também pode ser transmitida peloCulex.

Ayres afirma que o vírus da dengue já foi encontrado em pernilongos coletados em campo, mas ainda não se confirmou se ele pode ser seu vetor.

3. Se o pernilongo for o principal transmissor, qual seria o impacto desta descoberta?

Para Ayres, isso significaria a necessidade de alterar a estratégia atual de controle da epidemia de Zika, completamente focada no controle da população do Aedes aegypti.

“Não existem estratégias de controle do Culex no Brasil. Isso vai ter de mudar radicalmente, e é por isso que as autoridades exigem muita cautela e mais comprovação. É natural que seja assim”, diz.

O pernilongo tem hábitos diferentes do Aedes aegypti. É mais ativo à noite, por exemplo, o que tornaria importante a proteção com repelentes e roupas compridas também neste horário, especialmente para gestantes.

Ele também prefere colocar seus ovos em locais extremamente poluídos como esgotos, fossas e canaletas, o que, segundo a pesquisadora, tornaria as medidas de saneamento básico ainda mais “urgentes” para evitar novos casos de Zika e microcefalia em bairros mais precários.

“O saneamento básico não erradicará o mosquito, mas vai ajudar no seu controle populacional. As medidas de saneamento ajudam a manter o mosquito em um nível no qual não teremos grande epidemia, apenas casos esporádicos da doença.”

Constância AyresImage copyrightGABRIELA BELÉM | BBC BRASIL
Image captionPesquisadora agora investigará a eficiência do pernilongo na transmissão do Zika

4. Quais são os próximos passos da pesquisa?

Segundo Ayres, sua equipe agora investigará qual é exatamente a capacidade vetorial do Culex, ou seja, quão eficiente ele é para carregar e transmitir o vírus.

“Já sabemos que a taxa de infecção natural do Culex é semelhante à do Aedes aegypti, mas isso envolve outros aspectos biológicos do mosquito na natureza: o tamanho da sua população, a longevidade dessas espécies, o número de picadas que dão no homem, se preferem se alimentar do sangue humano ou não”, afirma.

“Quando tivermos essas informações, poderemos saber qual das duas espécies tem maior importância na transmissão do Zika.”

De acordo com a bióloga, a população de pernilongo em Recife é 20 vezes maior que a do Aedes aegypti. Mas, apesar desta vantagem populacional do Culex, oAedes pica mais vezes uma pessoa para se alimentar.

É necessário entender, por exemplo, se picar várias vezes faz do Aedes vetor mais competente de transmissão do vírus.

A equipe pernambucana também investiga a possibilidade de a fêmea do pernilongo transmitir o vírus para sua prole ainda nos ovos.

“Coletamos os ovos dos mosquitos infectados, as larvas eclodiram, deixamos crescer até virarem adultos e congelamos o material. Vamos analisá-lo”, explica Ayres.

“Se conseguirmos detectar o Zika, significa que eles contraíram o vírus da mãe. Isso tem importância epidemiológica, porque é mais uma forma de o vírus se manter presente na natureza. Ele poderia permanecer no ambiente sem necessariamente ter de passar por humanos.”

No ciclo de transmissão de doenças como o Zika, o Aedes aegypti pica uma pessoa doente, se infecta e leva o vírus para outras pessoas. Ele não transmite o Zika, até onde se sabe, a seus ovos.

5. A descoberta do Culex como vetor do Zika é preocupante para outros países do mundo?

De acordo com a bióloga, o Culex quinquefasciatus está presente em todas as áreas urbanas de regiões tropicais, subtropicais e temperadas – de clima mais frio, como países do Norte da Europa, Canadá e Austrália. Já o Aedes aegypti fica restrito às regiões tropicais e subtropicais.

Ela esclarece, no entanto, que mostrar a capacidade do Culex de transmitir Zika no Brasil não significa que o mesmo ocorreria, por exemplo, nos Estados Unidos.

“Existe a possibilidade, mas cada população deve ser investigada, principalmente porque o Culex quinquefasciatus, que é o que temos no Brasil, é parte de um complexo de espécies”, diz.

“Nos Estados Unidos existem outras subformas dessa espécie de mosquito. E não sabemos ainda se a competência vetorial de todas as espécies é a mesma.”

*Colaborou Gabriela Belém, de Recife para a BBC Brasil

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


“LANÇAMENTO DA 4ª EDIÇÃO DA REVISTA FUNFFEC” em Luís Gomes | 25/07/2016

13782252_943103865835431_459782941238391452_n 13775865_943107302501754_4269351226847107412_n 13726689_943104042502080_6017810403237505498_n

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Mensagem do dia | 25/07/2016

13626626_1338361142860021_8905592413824262002_n

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Governo poderá adotar aumento pontual de impostos, diz ministro da Fazenda | 25/07/2016

  • O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles

    O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles

RIO DE JANEIRO, 25 Jul (Reuters) – O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta segunda-feira (25) que aumentos pontuais de impostos poderão ser adotados, se necessário, mas que o governo aguardará até o fim de agosto para tomar uma decisão, quando deve apresentar a Lei Orçamentária Anual de 2017.

“Vamos analisar o crescimento das receitas públicas previsto para o ano que vem e o possível ingresso [de receitas] de privatizações, concessões e outorgas”, disse Meirelles, acrescentando que, se houver necessidade, o governo fará aumentos pontuais de impostos.

Falando após evento no Rio de Janeiro, Meirelles disse que a meta deste ano de um rombo de R$ 170,5 bilhões nas contas públicas será cumprida. Caso haja sobra de recursos, completou ele, os valores serão usados para cobrir eventual rombo dos Estados, embora tenha destacado que esta não é uma obrigação.

“Não há e nunca houve compromisso do Ministério da Fazenda em cobrir deficit dos Estados”, afirmou.

Fonte: Uol

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Honorio de Medeiros, advogado, professor e escritor com quatro livros publicados. | 25/07/2016

1 2 3 4

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Região serrana de Pernambuco será destino de excursão promovida pelo Sesc | 25/07/2016

72c8fcbe-4947-4553-83f8-ca606681f500

O verde das paisagens e o clima de montanha fazem a cidade de Garanhuns ser reconhecida como “A Suíça pernambucana”

Situada entre sete colinas, a cidade de Garanhuns, no estado de Pernambuco, é conhecida pelo seu clima de montanha e paisagem exuberante cercada de verde e flores em suas diversas praças. É nesse clima que o Sistema Fecomércio RN, por meio do Serviço Social do Comércio do Rio Grande do Norte (Sesc RN), convida a todos para participar de mais uma excursão do Turismo Social, com vendas abertas a partir de segunda-feira (25) na Central de Atendimento do Sesc Cidade Alta, em Natal.

A excursão Garanhuns, a Suíça pernambucana será realizada entre os dias 18 e 21 de novembro, e foi pensada para quem quer aproveitar o feriadão gastando pouco. No roteiro, estão previstas visitações à Casa do Licor, Fábrica da Cocada, Casa do Chocolate, Casa do Artesão, Galeria Galpão e Tapiocaria, além de um city tour pelos principais pontos turísticos da cidade.

O pacote Garanhuns, a Suíça pernambucana oferece ao turista todos os almoços, hospedagem no Centro de Turismo e Lazer Sesc Garanhuns com café da manhã, visitas guiadas, city tour, ônibus executivo, serviço de bordo e seguro viagem. Os valores variam conforme a categoria de associado Sesc e o tipo de apartamento, sendo possível dividir em até 10X nos cartões Hiper, Visa e Master. O número de vagas é limitado. 

Turismo Social

O Sesc promove passeios pelo RN e outros estados por meio do seu Turismo Social, retomado em 2016. Já foram realizadas excursões para João Pessoa, Festival Literário Sesc Infantojuvenil em São Miguel do Gostoso, Riquezas Minerais (Currais Novos, Santa Cruz e Sítio Novo),  Serras do Meu RN (Martins e Portalegre), além de estarem previstos os passeios Caminhos do Frio (Alagoa Grande, Areia e Bananeiras, na Paraíba) e Pipa das Letras (FliPipa).

O Turismo Social visa proporcionar novas oportunidades de lazer, integração e enriquecimento cultural por meio de passeios a custos acessíveis. A missão do Sesc na área é de criar possibilidades para que as pessoas conheçam o Brasil, democratizando o acesso a viagens, passeios e hospedagens.

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Após apelo no Facebook, Joana Fomm recebe propostas de trabalho | 24/07/2016

Joana Fomm recebe propostas de trabalho
Joana Fomm recebe propostas de trabalho
 O apelo que Joana Fomm fez nainternet pedindo um emprego como atriz ou jornalista deu certo. A artista contou que recebeu propostas de trabalho. “Uma é de cinema e a outra de TV. Foram duas boas notícias que recebi, mas ainda não posso dar detalhes sobre esses trabalhos. Quando estiver tudo certo, eu falo”,contou ao site Purepeople.

Nesta semana, Joana surpreendeu a todos ao fazer um apelo em sua redesocial pedindo um emprego. A Globo não renovou com a atriz desde a sua participação em Boogie Oogie, em 2014. “Amigos, estou precisando trabalhar. Como atriz ou jornalista. Tem horas que fica difícil ainda. Ainda não tinha encarado essa. Alguém precisa de mim”, desabafou.

A classe artística se solidarizou com o apelo de Fomm, um deles foi Paulo Betti. “Joana querida e maravilhosa atriz! Respira fundo e se cuida que vai rolar!”, disse.Quando Joana desabafou na internet, saíram informações de que a atriz teria recusado para interpretar um personagem importante na novela infantil Carinha de Anjo do SBT.Fomm também participaria da nova temporada de Malhação.

Fonte: observatoriodatelevisao

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhe no WhatsApp:


Página 85 de 96« Primeira...102030...8384858687...90...Última »
Visitantes

25.829

Destaques
Procurando algo?
Parcerias